“Sonho ter uma máquina Braille.” – Ladson, 7 anos, Neoplasia maligna do nervo ótico

Categoria: 2012, Sonho Ter

O Sonho do Ladson era ter uma maquina de escrever em braile. Saímos de casa naquela manha de sábado com essa informação na cabeça. Aquele dia tinha que ser um dia mais que especial, tinha que ser o grande dia, o dia que ia ficar marcado na historia de vida daquele menino alegre , falante, lutador e especial. Levamos um livro em braile e dissemos a ele que nós precisávamos da ajuda dele para ler o livro, pois não sabíamos como fazê-lo. Ele prontamente se dispôs a ajudar, pegou o livro e já começou a folhear e com suas pequenas e habilidosas mãozinhas a traduzir as letras e desenhos contidos no livro. Impressionante a alegria dele em nos ajudar a ler. Partindo da leitura desse livro nossa conversa se desenvolveu em torno de como ele conheceu o braile, do que se tratava etc. Ele nos contou que fazia aula, sobre a máquina que fazia aquelas letrinhas às quais ele podia ler e sobre ser escritor. Passamos então a falar da força da estrelinha azul e colocamos para tocar a musica Lua de Cristal e quando a musica dizia “tudo pode ser, se quiser será, sonhos sempre vem para quem sonhar” trouxemos a sonhada maquina e entregamos ao Ladson que não pode se conter de alegria. Ele logo abriu a embalagem, pegou a maquina e começou a mexer querendo usar. Foi quando ele nos questionou se tínhamos UMA folha de papel. Trouxemos então uma grande caixa de presente com centenas de folhas de papel. Nossa, que alegria! Ladson imediatamente colocou a folha na máquina e ali mesmo começou a escrever seu nome. Para adoçar ainda mais nosso dia levamos para todos brigadeiros e beijinhos de coco. Foi realmente uma festa! Temos certeza que essa manha de sábado ensolarado vai ficar para sempre marcada na vida do Ladson com a realização do seu sonho e claro, marcada na nossa vida também, afinal, realizar sonhos faz bem J.