“Sonho ter um celular” – Tereza Cristina, 16 anos, tumor ósseo

Categoria: 2015, Sonho Ter

“Eu não acredito!”. Estas foram as palavras de Tereza ao ver o seu tão esperado celular.

Tereza é uma adolescente de dezesseis anos, alegre, bonita e determinada. Gosta de sair com os amigos para dançar, sempre acompanhada da inseparável best friend forever Mirela, que teve participação especial informando ao time de gênios e fada, todos os gostos e preferências da amiga.

Próximo à realização do sonho, o time ficou sabendo que o celular antigo de Tereza havia quebrado e que ela estava desesperada. Aliás, como uma adolescente sobrevive sem celular, hoje em dia?? Eis que a magia já estava no ar.

A fada ligou para Tereza, convidando-a para participar de uma sessão de fotos que seriam encaminhadas para a Make-A-Wish, antes da realização do sonho. E ela acreditou!!

No dia combinado, um dos gênios foi buscá-la e ela estava acompanhada de seu irmão Leonardo e claro, de sua amiga Mirela. Enquanto isso, os gênios preparavam o “estúdio” para a chegada de Tereza com vários balões que estavam escondendo o  celular.

Tereza chegou e, sem desconfiar de nada, vestiu a camiseta da Make-A-Wish e começou a fazer várias poses diante da câmera, sem se mostrar nenhum pouco tímida. Tirou várias fotos sozinha, com o irmão, com a amiga, com os voluntários… E não estava desconfiando de nada.

Ao se aproximar dos balões que cobriam o seu sonho, a fotógrafa lhe pediu que tirasse algumas para que a foto saísse melhor. Até que, de repente, ao tirar as últimas, ela viu o celular… Mas, olhou para todos que estavam ali e, como se não acreditasse, ouviu alguém lhe falar: “Pegue, é seu!”.

A partir desse momento, um sorriso largo apareceu em seu rosto e a acompanhou por todo o tempo que estiveram juntos.

Suas palavras foram diretas e, com a alegria que demonstrava estar sentindo, disse: “Eu não acredito! Jesus!”.

Fada e gênios sentiram mais uma vez a maravilhosa sensação de realizar sonhos ao ver as lágrimas brotando dos olhos de Tereza.

A noite foi encerrada com um delicioso lanche de sua preferência e, na volta para casa, ela não largou o celular um instante sequer e dizia: “Eu adorei!”.

Quando a mãe de Tereza viu que o sonho da filha tinha sido realizado, disse: “Já ganhou? Que sorte você tem Tereza!”. Agradeceu ao time e disse que faria um bolo de fubá para que todos pudessem comemorar.

Então, alguém ainda duvida que realizar sonhos faz bem? Make-A-Wish!

Voluntários: Cesar Augusto Romanucci, Fabio Henrique Bernardes e Joelma Lima Soares