Home > A Make-A-Wish® Brasil > Como tudo começou

Como tudo começou

Durante toda a sua vida, Christopher James Greicius sonhou em ser um oficial de polícia. Mas ele jamais poderia imaginar que seu sonho seria a inspiração para a maior organização realizadora de sonhos do mundo. A fundação Make-A-Wish Foundation® traça o seu início ao sonho de um garoto.

Em 1980, o menino de 7 anos Chris Greicius estava em tratamento de Leucemia. Todos os dias, ele sonhava em se tornar um policial.

O oficial de alfândega Tommy Austin era amigo de Chris e sua mãe, Linda Bergendahl- Pauling. Ele prometeu a Chris uma carona em um helicóptero da polícia. Quando a saúde de Chris começou a piorar, Austin entrou em contato com Ron Cox, um oficial do Departamento de Segurança Pública do Arizona e planejou um dia que iria melhorar o astral de Chris.

No dia 29 de Abril de 1980, Austin e um grupo especializado em cuidados especiais iniciaram o dia de Chris com um tour pela cidade com o helicóptero do departamento, que o levou para o quartel general. Três patrulheiros e um oficial motociclista o cumprimentaram antes do encontro com a tropa do Departamento de Segurança Pública (DSP). Lá, Cris fez o juramento como o primeiro patrulheiro honorário do DSP da história.

Mas sua experiência não parou ali. Cox contatou a empresa de fardas John’s Uniforms, que concordou em fazer um uniforme especial para Chris. O dono da loja e duas costureiras trabalharam a noite toda para criar o uniforme. Os oficiais apresentaram a farda oficial para Chris no dia primeiro de Maio e programaram um teste de motociclista para que ele pudesse receber seus pins em forma de asa para colocar em sua farda. Chris passou no teste com ótimas notas em sua motocicleta operada com bateria.

No dia 2 de Maio, Chris estava de volta ao hospital. Ele pediu para arrumarem o quarto de uma maneira que sempre pudesse ver seu uniforme, seu capacete de motociclista e a boina de campanha. O oficial do DSP Frank Shankwitz apresentou ao Chris suas asas de motociclistas. Ele as aceitou com um sorriso que iluminou o quarto.

No dia seguinte, Chris veio a falecer, mas não sem antes ter visto seu sonho se tornar realidade e experimentar a esperança, a força e a alegria de ter um sonho seu realizado.

Linda, mãe de Chris, e vários voluntários que participaram do sonho puderam vivenciar a transformação que ocorreu com Chris e com eles mesmos e por isso decidiram que a ideia de transformar sonhos em realidade não poderia morrer.

NASCE a Make-A-Wish Foundation!!!

Venha fazer parte dessa experiência!

Acreditamos que juntos podemos realizar mais sonhos e transformar a vida de quem recebem e de quem doa.

Saiba "COMO APOIAR".